• Dra Milena
Locais

18 de maio: Prefeitura de Patos realiza abertura da campanha de Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes

A atividade que contou com a presença do prefeito de patos, Nabor Wanderley; do vice-prefeito, Jacob Souto; da secretária de Desenvolvimento Social, Helena Wanderley; de toda Rede Socioassistencial do município

ÓTICAS GUIMARÃES

A Prefeitura de Patos realizou nesta quarta-feira, 18 de maio, a abertura oficial das ações alusivas ao Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que este ano tem como tema: ‘Não feche os olhos para a violência sexual’, com um pitstop no centro da cidade com o objetivo de levar conhecimento à população em como identificar e denunciar estes crimes.

A atividade que contou com a presença do prefeito de patos, Nabor Wanderley; do vice-prefeito, Jacob Souto; da secretária de Desenvolvimento Social, Helena Wanderley; de toda Rede Socioassistencial do município; conselheiros tutelares; representantes do CMDCA, STTRANS e Ministério Público, mobilizou a população que passava pelo local, com ferramentas educativas contra a exploração de crianças e adolescentes.

Nabor Wanderley ressaltou a importância da campanha para a conscientização da população para o combate à violência contra as crianças e adolescente, como também orienta a sociedade para que denuncie, por meio do disque 100.

“Nós temos essa responsabilidade não só de combater, mas de conscientizar as pessoas que precisam denunciar quando elas souberem de qualquer caso de violência. É um compromisso do governo, a gente procura cuidar das pessoas demonstrando carinho, amor e procurando cuidar da melhor maneira possível”, relatou.

A secretária de Desenvolvimento Social, Helena Wanderley, afirmou que este momento é para sensibilizar e mobilizar a sociedade sobre a importância deste tema e que todos fiquem atentos aos sinais que a criança ou o adolescente possa apresentar.

A programação se estenderá até o final do mês de maio com panfletagem, adesivaço e fórum comunitário que mobilizarão a população para o debate ao assunto. A campanha conta com apoio do CMDCA, Conselhos Tutelares, CREAS, STTRANS, PRF, Polícia Militar, Ministério Público e Justiça Federal.

Coordecom

Image

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo