comentários  

13 de julho de 2018, 08:06

Ministério da Saúde suspende recursos enviados à várias cidades do SAMU/Regional Patos


Através do Diário Oficial da União, pelo Gabinete do Ministro e do próprio Ministério da Saúde (GM/MS), com portaria 2044, de 5 de julho de 2018, foram suspensos os recursos financeiros enviados para várias cidades que dispõem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atendidos pela regional de Patos.

Os recursos são do custeio mensal do SAMU 192. As cidades de Passagem, Condado, São José do Bonfim e São José de Espinharas, todas ligadas ao SAMU/Regional Patos, não receberão os R$ 157.500,00 mensais por falta de informações da produção no atendimento e por irregularidades no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

O prefeito da cidade de Condado, Caio Paixão, lamentou profundamente a situação e disse que ela é em decorrência de falta de acordo com a Prefeitura Municipal de Patos, que, de acordo com Caio, vem dificultando o funcionamento do SAMU nas cidades da regional. “Tivemos várias reuniões no Ministério Público para resolver o impasse, mas até agora não houve acordo”, disse Caio.

A reportagem do Patosonline.com tentou contato com Priscila Gomes, secretária de Saúde do Município de Patos, mas não obteve êxito.

 

 

Jozivan Antero – Patosonline.com

 

 

 

 

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.