comentários  

01 de maio de 2012, 10:58

Por motivos banais: um morre e outro fica ferido em Catingueira


A polícia militar de Patos agiu rápido na prisão de duas pessoas acusadas de assassinato e tentativa de homicídio na cidade de Catingueira.

Eles foram presos em Santa Terezinha-PB quando abasteciam o veículo para fugir. O carro em que os dois estavam bateu em um jumento facilitando a captura.

A vítima fatal do crime foi identificada como sendo Alexandre Alves Leite. Já a tentativa foi contra João Vicente Ferreira Neto (idade não revelada).

Segundo as primemeiras informações, os autores foram identificados como sendo José Hamilson Remígio de Assis Marques, 46 anos e Josinaldo Soares da Costa, 36 anos.

Testemunhas afirmaram categoricamente a polícia que os dois suspeitos estavam em um Fox de cor preta e placas MOW - 4406 - João Pessoa. Segundo as informações o crime aconteceu, por volta de meia noite quando um grupo de jovens bebiam em uma calçada. O carro se aproximou em baixa velocidade e o motorista teria disparado vários tiros contra Alexandre e atingindo a barriga de João Vicente que passou por cirurgia de madrugada e se encontra em observação médica no HRP (Hospital Regional de Patos).

O que mais chamou atenção da população foi a forma com que o principal suspeito, José Hamilson, segundo o próprio acompanhante que o entregou a polícia, teria cometido o crime.

O acompanhante disse em depoimento ao delegado responsável pelo Inquérito Policial, Edson Pedrosa, que não sabe o motivo pelo qual Hamilson teria atirado contra as vítimas. Disse que o acusado parou o carro ao avistar o grupo de jovens, sacou a arma e disparou várias vezes.

A situação do acusado se complica ainda mais já que a arma encontrada no carro dele (uma pistola 380) estava sendo portada ilegalmente e após examiná-la a polícia descobriu que estava com a numeração raspada. 

A prisão dos dois suspeitos foi realizada com êxito pela equipe comandada pelo tenente CPU Gomes que suspeitou de uma reação por parte de Hamilson na hora da abordagem, contra a polícia, já que ele demorou muito para desembarcar e arma se encontrava no banco traseiro do veículo. Os dois estavam com fortes sintomas de embriaguês.

Os dois acusados foram encaminhados a Central de Polícia em Patos, enquanto que peritos do Instituto de Polícia Científica se deslocaram a cidade de Catingueira para realização das primeiras investigações no cadáver.

morte

Texto e foto de Mário Frade - Portalpatos  


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.