comentários  

07 de abril de 2008, 16:42

ESPECIAL: Entrevista com Monaci Marques - Prefeito de Vista Serrana


Ele é prefeito de Vista Serrana por dois mandatos e um nome que vem sendo projetado pela família Marques para ser candidato a deputado estadual em 2010. Com seu jeito simples, sua forma de fazer política e falar sem atacar ninguém, apenas expondo as suas realizações, Monaci é um político de estilo idêntico ao de sua mãe, a deputada estadual Socorro Marques. Numa noite chuvosa ele recebeu a Folha Patoense para uma entrevista, realizada entre mimos e beijos na sua filha que vez por outra reclamava sua atenção.

Wandecy Medeiros

PATOSNLINE: Que realização o senhor destacaria de mais importante nesses sete anos de mandato?

Monaci Marques Dantas: Nesses sete anos de mandato realizamos várias obras, mas a de maior importância foi a adutora, que era um sonho antigo da população. Essa adutora tem a captação no município de Paulista, nas margens do Rio Piranhas e tem uma extensão de 20 quilômetros, beneficiando as comunidades de Sanharão, Maravilha e Distrito de Impueira, todos no município de Paulista, e chegando até à zona urbana de Vista Serrana, acabando assim o carro-pipa, a carroça e a lata d’água na zona urbana. Antes a água era mantida pela Prefeitura, mas a qualidade não era das melhores. Era de poço artesiano e tinha um índice de salubridade muito alto. Resolvemos de uma vez por todas esse problema e possibilitamos melhor qualidade de vida e desenvolvimento sócio-econômico para nosso povo.

PATOSNLINE: Quanto custou a adutora?

MMD: A Funasa liberou na ordem de um milhão, setecentos e oitenta e dois mil reais e a Cagepa, órgão do Governo do Estado, investiu quinhentos mil reais, para a conclusão da obra. Além da adutora, outra obra importante que temos a informar é que concluímos o projeto do asfalto entre Malta e Vista Serrana, a partir da BR 230. Esse asfalto é um desejo de todos, principalmente da deputada Socorro Marques. Já estou com o projeto de engenharia e de custo do cálculo do asfalto e tudo já está nas mãos do Governador, que tem o compromisso com a deputada Socorro Marques, de realizar esse asfalto. Se o empréstimo de duzentos milhões de reais, para atender a diversos municípios, e que já foi aprovado, for liberado ainda em 2008, esse asfalto será feito ainda esse ano. Caso esses recursos não sejam liberados no exercício de 2008, ele vai incluir na programação dos recursos da CID, e iniciará em 2009 o asfalto tão esperado e cobrado.

PATOSNLINE: Ou seja, você já deixa de bandeja um presente nas mãos do próximo prefeito.

MMD: É verdade, mas é uma luta nossa. O peso mais forte nessa luta foi da deputada Socorro Marques, não só no projeto do asfalto, mas também no projeto da adutora. Ela acompanhou, junto comigo, em Brasília, do início da aprovação dos recursos, até à liberação dos mesmos. Vista Serrana deve muito à vontade de fazer, de realizar, da deputada Socorro Marques, que ajudou  construir essa história.

PATOSNLINE: A imprensa noticiou que Vista Serrana também construiu uma Câmara nova. Considera essa realização importante?

MMD: Eu fui vereador por duas vezes e presidente da casa também por duas vezes. Como prefeito pude fazer o que na época eu tinha vontade de realizar, mas os recursos não permitiam. Fiz uma contenção de despesas e consegui construir uma nova casa legislativa, criando um ambiente agradável num espaço físico adequado, com equipamentos modernos, acesso à Internet, enfim, uma estrutura que Vista Serrana ainda não conhecia. A Câmara Sebastião Gomes Xavier hoje é uma obra elogiada por todos.


PATOSNLINE: Como a sua administração tem trabalhado nos campos da Saúde e da Educação?  

MMD: A segurança, o esporte, o lazer, a cultura, a administração, as finanças, todos têm grande valor, porém eu não acredito que um município possa progredir em qualidade de vida sem investir na Saúde e na Educação. Eu tenho essa opinião formada. Tanto é que em Vista Serrana, na Saúde a população é assistida por dois postos médicos na zona rural. Temos uma Unidade Mista de Saúde e Maternidade, Marlúcia Gomes de Araújo; uma equipe do PSF; laboratório de Análises Clínicas; a Farmácia Básica que, como não é diferente dos demais municípios, têm uma quantidade de medicamentos limitada, mas a Prefeitura ainda oferece medicamentos que não constam da prateleira da Farmácia Básica, medicamentos que compramos na farmácia comercial. Atendemos as necessidades do povo na realização de cirurgias e damos tratamento médico a quem  quer que necessite. Atendemos aos programas do Governo Federal, que é um elenco de programas que têm custos para a Prefeitura, como também fazemos campanhas de saúde e educação. Além da equipe do PSF nós temos também um médico ginecologista, e a especialidade médica que não é oferecida pelo município a gente resolve levando o paciente onde quer que o profissional que ele necessite esteja, seja em Patos, João Pessoa ou Recife.

PATOSNLINE: E na Educação?

MMD: Na Educação temos uma biblioteca bem abastecida, atendendo tanto a rede municipal como a estadual. O transporte escolar é mantido também para as redes municipal e estadual. Temos as escolas bem equipadas, com ventiladores, carteiras bem conservadas e um kit escolar que todo os alunos recebem. A Prefeitura oferece cursos de capacitação para o corpo docente, qualificação profissional para os servidores do município e vamos inaugurar, em breve, um centro de informática, porque entendemos que nos dias de hoje a inclusão digital é fundamental.

PATOSNLINE: O que você tem conseguido nas suas idas à Brasília?

MMD: Através de emenda parlamentar do deputado Wellington Roberto, nós conseguimos garantir no orçamento da União, seiscentos mil reais para uma estação de tratamento de esgotos e também ligações de esgotos domiciliares em Vista Serrana. Também conseguimos garantir duas emendas na ordem de 493 mil reais para os serviços de pavimentação em paralelepípedos em várias ruas. Conseguimos garantir, pelo PAC, quatrocentos mil reais para atender as comunidades Mendes, Boqueirão e Pé-de-Serrote. Essas comunidades terão água com ligações domiciliares. Pelo Ministério do Turismo temos duzentos mil reais garantidos pela Caixa Econômica para fazer um centro turístico na entrada da cidade, ou seja, fica provado que as minhas idas à Brasília são proveitosas, não acha?

Sim, temos também garantido um convênio junto à CEAP, onde proporcionará a construção de um conjunto de 20 novas casas para entregar a famílias carentes do município. Isso aí é pelo Programa Morar Melhor, da CEAP. Ainda na CEAP, estarei nesses dias, assinando convênio para beneficiar a cidade com mais vinte casas pelo cheque-moradia e contemplaremos quinze famílias com reformas de casa. Estaremos construindo o Centro Administrativo, que também é outro sonho meu, da minha mãe e da população, onde deverá funcionar 70% das repartições municipais e contará também com um auditório. Através de um convênio com a Secretaria de Segurança Pública e o município, vamos construir uma delegacia para atender à Polícia Civil e Militar. Desses recursos, 50% é por conta do município e os outros 50% será por conta do Governo do Estado.

Ainda nesses investimentos iremos entregar à cidade uma praça moderna, com um belo arco e uma estrela e os três Reis Magos, na entrada da cidade. Essa praça será construída com recursos próprios do município e quero entregá-la até o final do meu mandato.

Outra grande inovação será a implantação de uma Rádio Comunitária FM até em meados de julho, isso se tudo correr bem e o Ministério das Comunicações permitir. Ainda tem algumas pendências, mas são pendências de rotina. O prédio para a rádio já está praticamente pronto. Ainda na Comunicação, nós instalamos, através de repetidora, o canal da TV Paraíba e o canal do SBT, além de já contarmos com a Globo.

PATOSNLINE: E na Agricultura, o que o seu governo tem feito?

MMD: Não só na agricultura, mas em todos os campos temos conseguido grandes avanços. Temos um açougue e um matadouro que atende as exigências da vigilância sanitária. Na área de esportes temos o Ginásio “O Marquesão”, onde se pode praticar diversas modalidades esportivas, como futebol, voleibol, basquetebol, etc. Todos os prédios públicos de Vista Serrana estão totalmente restaurados e bem equipados, com computadores e na Secretaria de Agricultura, como você perguntou, atendemos com dois tratores, com cortes de terra oferecidos ao homem do campo, assim como a manutenção de todos os poços artesianos e amazonas. Também temos uma parceria com a EMATER, na qual mantemos e damos condição necessária para o seu técnico desenvolver suas ações, mantendo um carro, uma moto, dois funcionários da Prefeitura servindo ao escritório local e também reformamos o seu prédio. Poços artesianos já perfuramos mais de vinte.  

Mantemos todas as estradas vicinais recuperadas, bem cuidadas. No inverno é complicado porque o que se faz de manhã a chuva desmancha de tarde, mas quando termina o inverno a Prefeitura contrata uma patrol e dá uma geral em suas estradas.

Fazemos manutenção das praças Nossa Senhora do Desterro, a praça Poeta Manoel Leandro, construímos a praça Hélio Bezerra Wanderley, e também uma praça no Pé-do-Serrote. Temos ruas pavimentadas, com tubulação para receber águas pluviais, uma eficiente coleta de lixo, uma guarda municipal que trabalha em conjunto com as polícias Militar e Civil. Damos apoio ao trabalho da Polícia Civil, a quem dispomos um veículo Santana para suas necessidades, dentre outras ajudas.

A frota do município está bem equipada e à disposição da população: temos duas ambulâncias; uma Veraneio para atender à equipe do PSF; um Fiat para atender à Secretária de Saúde; uma Eco Sport para atender ao Gabinete do município; são quatro ônibus para atender toda a zona rural; uma D20 para atender à Secretária de Educação; dois caminhões-pipa para atender à falta d’água na zona rural; dois tratores para atender à Secretária de Agricultura, oferecendo assim, o corte de terra gratuito a toda a população rural. Também temos outros carros para quando se faz necessário para atender à demanda da população.

PATOSNLINE: Quem será seu candidato a prefeito?

MMD: Trata-se de um primo meu, Márcio Marques Dantas, que já foi prefeito e correspondeu aos anseios da população. É um bom nome e acredito que diante da nossa administração, que vem sendo feita com responsabilidade e transparência, ele perpetuará todas essas ações positivas. A nossa folha de pagamento, por exemplo, é religiosamente paga a todos os funcionários todo dia vinte de cada mês, dentro do mês trabalhado, e é bom que se frise: o funcionário recebe dez dias antes do término do mês. Meu sucessor vai pegar uma cidade enxuta, sem precatórios, sem problemas judiciais, sem problemas trabalhistas, sem dívidas.

 

PATOSNLINE: Você ainda tem oito meses de mandato, já dá uma saudade antecipada saber que terá de deixar a Prefeitura, mesmo tendo passado pelas dificuldades que toda gestão passa?

MMD: Meu querido e saudoso sogro, Antônio Tota, prefeito de Mãe D’água por quatro vezes, quando ouvia os prefeitos se lamentarem de que era difícil administrar seus municípios, ele dizia que se o prefeito quisesse passar a chave da Prefeitura pra ele, ele daria conta do recado. Hoje, pela experiência que eu tenho, com quase dezesseis anos de vida pública, honrada e respeitada, posso dizer que não me deixa saudades porque mesmo fora do mandato estarei junto do povo, buscando e participando naquilo que for possível. Usarei minha experiência para auxiliar o próximo prefeito, serei um grande colaborador.

PATOSNLINE: E no Social, o que você destaca?

MMD: Atendemos a população com o programa do PET, que contempla cem alunos, com reforço escolar, dinâmicas, brinquedoteca, crianças acompanhadas por nutricionistas, professores treinados, monitores, além de contar também com o PAIF, que é um programa que tem sido muito bem desenvolvido nos municípios onde foi implantado. Contamos com dois assistentes sociais, dois psicólogos e uma fisioterapeuta, Dra. Juliana Marques, que vem dando uma demonstração de empenho e de amor para com a cidade de Vista Serrana e para com os nossos munícipes. A Prefeitura também contribui para o pleno funcionamento do Conselho Tutelar.

Também realizamos um bonito trabalho nas datas comemorativas, como no Dia das Mães, Dia das Crianças, Dia dos Pais, Natal e agora fazemos também o Congresso de Violeiros, preservando assim as tradições nordestinas. Também fazemos o João Pedro, uma festa que atrai turistas e movimenta a cidade. Para esse ano já confirmamos as bandas Magníficos, Flor da Pele e Baby Mel. O João Pedro desse ano será realizado no dia 26 de julho. Nessa festa contamos com banheiros químicos, segurança particular, presença marcante das polícias Militar, Civil e Federal, show pirotécnico, comidas típicas, a cidade toda ornamentada, enfim, toda a infra-estrutura necessária e ano a ano o público presente vem só aumentando.

PATOSNLINE: Outra notícia de Vista Serrana que foi divulgada pela imprensa foi a construção de um velório. 

MMD: É verdade. Não poderia esquecer também que construímos um Velório Municipal para aqueles que precisam. Muitos municípios do mesmo porte e às vezes até maiores do que Vista Serrana não dispõem de uma Central de Velório com a estrutura do nosso. Construímos ele com recursos próprios.

PATOSNLINE: Considera o seu estilo de fazer política uma influência da sua mãe?

MMD: Claro. Ela sempre foi uma grande mãe, uma amiga, uma conselheira. Ela foi prefeita em 1982 e eu como filho mais novo, sempre acompanhei todos os seus passos. Com ela fui formando a minha consciência profissional e moral e não tenha dúvidas de que ela é a minha bússola. Ela foi prefeita por dez anos, seis numa gestão e quatro em outra, foi secretária de estado, presidente da Fundac, implantou o FDE da Paraíba, foi professora, empresária e agora é deputada estadual pela segunda vez e é uma mulher afeita aos desafios e nela eu sempre encontrei uma fortaleza. Quando fui eleito pela primeira vez vereador em Vista Serrana, ela foi eleita prefeita pela segunda vez, e eu tive uma votação que até hoje jamais um vereador conseguiu uma votação expressiva igual a minha. A nossa votação foi tão grande que dos nove vereadores nosso grupo conseguiu eleger nove.

PATOSNLINE: Você é o único filho da deputada que nasceu em Patos?

MMD: Eu e Vavá Marques nascemos em Patos. Estudei aqui na Escola Dom Fernandes, estudei no Colégio Dinâmico e estudei também no Pedro Aleixo e no Cristo Rei, ou seja, mesmo sendo de uma condição social melhor, também estudei em escolas públicas. Hoje estou terminando o curso de Economia nas Faculdades Integradas de Patos, curso que só não concluí ainda pelos meus muitos afazeres. Sou o filho caçula e talvez por isso seja tão apegado a minha mãe, porque sempre estive ao lado dela, em todos os momentos.

PATOSNLINE: Você falou que sua a mãe é afeita aos desafios. Este ano ela é candidata a prefeita de Patos e certamente está consciente do quanto a parada é dura. Como vocês encaram isso?

MMD: Socorro Marques leva a experiência de prefeita, de deputada estadual, a experiência ter sido presidente de várias comissões e relatoras em outras na Assembléia Legislativa, foi secretária de estado, presidente da Fundac, um dos órgãos onde envolve dinheiro público e em toda a sua vida pública, nunca teve uma conta rejeitada. Não responde a nenhum processo judicial, eleitoral, nem na Justiça Comum. Como se vê, é uma mulher digna. Toda eleição é difícil, porém, repito: minha mãe é afeita aos desafios.

É uma mulher guerreira e sempre fez política sem buscar benefícios próprios e sim os benefícios coletivos. É uma mulher que tem o carisma de uma mãe, de um coração doce, da sensibilidade e do carinho com aqueles que a procuram. Recebe a todos indistintamente. Socorro Marques sempre esteve em sua residência atendendo a todos que os a procuram e, com humildade, naquilo que pode dar o sim, a pessoa tem o sim e a solução do problema; naquilo que se tem uma perspectiva de conseguir, ela vai à luta; e aquilo que é impossível, ela tem a dignidade e a humildade de dizer que não pode resolver porque aquilo ali não está ao alcance dela.

Faz dezesseis anos que a gente apóia o grupo de Dinaldo, não só votando e pedindo votos, mas também apoiando financeiramente. No grupo de Dinaldo, ele perdendo ou ganhando, sempre estivemos juntos. Todos os nossos aliados acompanhavam o grupo de Dinaldo Wanderley através da nossa orientação e agora entendemos que Patos cria uma terceira opção, mais uma via, e não vejo tão difícil assim. Não é fácil, porém não é impossível, porque eu vi Luiza Erundina guerrear, trabalhando contra duas estrelas maiores de São Paulo, Paulo Maluf e Orestes Quércia, e ela, uma sertaneja, uma nordestina, paraibana, e conseguiu ganhar as eleições na cidade maior e mais importante do país.

 

PATOSNLINE: Mesmo ela já tendo anunciado em toda a imprensa, ainda existe quem acredite que ela não será candidata e que na hora “H” acabe fechando acordo com Dinaldo e seguindo a orientação do Governador.

MMD: Nós temos na pessoa do Governador o nosso maior líder, mas a nível municipal, ele já deixou bem claro que não vai intervir. Em momento algum ele vai pedir que minha mãe retire a sua candidatura, que é um sonho dela, porque apesar de sermos um grupo independente politicamente, temos respeito pelo Governador e ele tem respeito pela minha mãe. Cássio Cunha Lima é um democrata e já está consciente de que essa questão já está decidida pelo PPS, partido pelo qual eu sou o presidente estadual jovem, a deputada Socorro Marques é a secretária executiva estadual e membro da executiva nacional. Ela é candidata por dois motivos, primeiro por ser um sonho dela, segundo que é uma orientação do partido lançar nomes em todas as instâncias: federal, estadual e municipal. Além do partido, não podemos esquecer dos amigos, que sempre pediram para que ela se candidatasse, ou seja, sempre existiu um forte apelo da população.

PATOSNLINE: Então não tem nenhum acordo mesmo com Dinaldo?

MMD: Tem sim, tem acordo sim, mas apenas numa hipótese: se ele quiser indicar o vice. Só existe essa hipótese de aliança entre Socorro Marques e Dinaldo nas eleições desse ano. Se ele vier pra votar na gente, a gente se une, mas se for para a gente votar nele, não dá, afinal, já colaboramos com ele durante 16 anos. Chegamos ao consenso de que a hora é essa da gente trabalhar e juntar o nosso grupo nesse ideal. Não estamos brincando de fazer política. Levamos a política muito a sério. Se a minha mãe retirasse a candidatura dela hoje seria péssimo para toda a história que eu acabo de lhe falar e todos iriam perguntar: “o que será que houve?”

A deputada vai paro o páreo para disputar pra valer. Muitos dizem que ela vai apenas tirar votos de Dinaldo, mas nós vamos para o embate para tentar ganhar e não apenas para marcar presença. Vamos disputar com o prefeito Nabor Wanderley, com Dinaldo Wanderley, e com quem mais venha se candidatar.

PATOSNLINE: O que se pode esperar de Socorro Marques caso ela se eleja prefeita?

MMD: Chegando à Prefeitura de Patos ela vai fazer o que sempre diz nas suas entrevistas: buscar geração de emprego e renda, mais infra-estrutura, mais educação, mais saúde e atender mais ao social, que é uma das características dela. Nós estamos elaborando um projeto físico-financeiro-geográfico, da estrutura do município de Patos para termos uma idéia geral daquilo que o município precisa. Esse projeto fará com que o gestor veja a cidade por áreas e estude perspectivas de buscar recursos oriundos do governo federal para determinadas áreas e recursos estaduais para outras áreas. Aquilo que se puder realizar com os recursos do município, estará lá, no cronograma.  Aquilo que estiver no âmbito federal a gente já coloca nessa perspectiva e assim será também com o governo estadual. Faremos isso para que a gente não leve à população uma promessa falsa.

 PATOSNLINE: Esse ano a família Marques terá muitas batalhas. Concorrerá em Patos a prefeito e a vereador, e terá candidatos a prefeito em São José do Bonfim e Vista Serrana e ainda estão trabalhando paulatinamente o seu nome para deputado estadual. O que têm conversado sobre isso?

MMD: Não acredito em nenhum projeto que não tenha a participação familiar. Pela vontade do grupo Marques, da minha mãe e de todas as demais lideranças do nosso grupo, ficou acertado que, como a deputada vai disputar a candidatura de prefeita, ganhando ou perdendo, ela já entende que, em 2010 deverá me lançar candidato a deputado estadual para dar seqüência ao trabalho dela e manter o seu legado de luta, esperanças e conquistas. Essa minha pré-candidatura a deputado estadual é um projeto já firmado e consolidado e bastante amadurecido dentro da família. Temos muitos amigos que nos apóiam e a quem apoiamos, amigos da qualidade do prefeito de São José do Sabugi, Derci Medeiros; Ajácio Wanderley, de Malta; Valdemilson Pereira, Condado; Chico Damião, São Bentinho; Alberto Mendonça, de Juarez Távora; Sabiniano Fernandes Medeiros, de Paulista; Júnior Tota, de Mãe D’água; o vice prefeito de São José de Espinharas, Paulo Marchante; apoiamos João Leite que governou por 26 anos o município de Desterro de Teixeira; também apoiamos Vavá Marques, em São José do Bonfim, enfim, são muitos aliados e amigos por essa Paraíba fora.

PATOSNLINE: Você falou que teve sempre na sua mãe uma professora. O seu sogro também era muito conhecido pela organização e pela lisura com a coisa pública.  

MMD: Eu acho que quando você tem dois grandes mestres só não aprende se não quiser. Com o meu sogro, seu Antônio Tota, um homem honrado, que nunca teve uma conta reprovada, um homem que sempre manteve as finanças do município em dia e que sempre respeitou as pessoas. Como eu sou muito atencioso, sempre ouvi mais do que falei, aprendi muito com esses dois mestres: Socorro Marques e Antônio Tora.

PATOSNLINE: É verdade que você agora é empresário?

MMD: Estou numa sociedade com Vavá Marques e implantamos a Motomarques, antiga Motoserv, uma empresa que acredita no potencial de Patos. Trabalharemos em 32 municípios com as famosas motos Yamaha, que são motos de altíssima qualidade, são motos econômicas. Estaremos gerando emprego e renda para a cidade de Patos e para toda a região e estou curioso pra ver como vou me sair como empresário. No dia dois de abril fizemos uma inauguração em grande estilo, com a participação de muitos amigos e empresários.

 

           

     

 


Publicidade
Publicidade

Comentários

O utilizador reconhece e aceita que o PATOSONLINE.COM, apesar de atento ao conteúdo editorial deste espaço, não exerce nem pode exercer controle sobre todas as mensagens. O PATOSONLINE não se responsabiliza pelo conteúdo de mensagens publicadas no mural ou comentários de postagens.